Gases tóxicos – Como evitar seus impactos?

Para falar sobre os impactos ambientais e de saúde causados por gases tóxicos, é inevitável fazer uma retrospectiva do ano de 2020 sobre o Coronavírus. Mas o que o vírus tem a ver com os gases tóxicos? O vírus nada, mas o isolamento social como forma de prevenção e combate à pandemia diz muito.

Fábricas e indústrias se viram obrigadas a diminuir sua produção. Carros, ônibus, caminhões e aviões também foram parados ou tiveram seu tráfego reduzido drasticamente. A somatória desses fatores refletiu rapidamente na qualidade do ar. O ar do mundo ficou mais limpo. Menos emissão de CO2 e uma redução significativa de NO2 na atmosfera provocou uma diferença tamanha que, segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, o impacto dessa redução de gases tóxicos salvou vidas e melhorou a saúde cardiorrespiratória das pessoas.

China, Estados Unidos, Alemanha. Itália, Reino Unido, Holanda e Brasil. Todos muito afetados estão entre os países que seguem fazendo análises ambientais, para identificar como o isolamento social contribuiu para reduzir os impactos dos gases tóxicos na vida das pessoas. Na Itália, a queda da poluição bateu a casa dos 40%. No Brasil, de acordo com dados da Cetesb, na capital paulista a redução da poluição do ar foi de 50% depois do início do isolamento em sua fase mais rigorosa.

Um estudo do CREA – Centro de Pesquisa sobre Energia e Limpeza do Ar atesta que “cerca de 11 mil mortes já foram evitadas na Europa devido à queda na concentração de sujeira na atmosfera”.

Gases Tóxicos – Impacto Ambiental e Saúde Humana

Os gases tóxicos contaminam o ar e extrapolam as fronteiras atmosféricas. O prejuízo ao meio ambiente e à saúde humana são traduzidas em dados tão palpáveis quanto as densas nuvens de fumaça que alguns desses gases produzem.

Não por acaso o assunto tem ganhado cada vez mais atenção de empresários para além dos já defensores de debates como esses, no caso médicos e ambientalistas. Talvez pelo rigor das leis ambientais, os gestores estejam voltando mais o olhar para essa questão, o fato é que, independente da razão, é indispensável entender um pouco do assunto para saber o que a empresa pode estar causando de fato ao meio ambiente e quais medidas devem ser tomadas para evitar pagar por uma infração, por exemplo.

Efeitos causados por Gases Tóxicos ao meio ambiente

  • Chuva Ácida;
  • Poluição Atmosférica;
  • Aumento do efeito estufa e do buraco na camada de ozônio.

Claro que os gases tóxicos causam muitos outros danos ao meio ambiente, mas esses três já resumem bem o tamanho do problema.

São inúmeros os processos industriais que, diariamente, manipulam elementos e substâncias químicas, que resultam na liberação atmosférica de gases tóxicos. Os mais comuns e altamente tóxicos encontrados no meio ambiente são:

  • NH3 – Amônia;
  • H₂S – Sulfeto de Hidrogênio; 
  • HCN – Cianeto de Hidrogênio;
  • Cl – Gás Cloro; 
  • SOx – Óxidos de Enxofre;
  • SO2 – Dióxido de Enxofre;
  • CO2 – Dióxido de Carbono;
  • CO – Monóxido de Carbono;
  • NOx – Óxidos de Nitrogênio;
  • CxHy – Hidrocarbonetos.

Qualquer uma dessas substâncias tornam o sistema pulmonar, respiratório e cardiorrespiratório mais frágeis. No mundo, segundo a OMS, 7 milhões de pessoas morrem por problema cardiorrespiratório todos os anos.

Apesar da significativa melhora na qualidade do ar em todo o mundo, a preocupação e as medidas para diminuir a emissão de gases tóxicos é um tema que não pode mais ser deixado de lado.

Gás tóxico é um composto que causa danos à saúde humana quando ingerido, inalado ou absorvido (até mesmo através da pele).

Doenças e enfermidades mais comuns, causadas pelos gases tidos como tóxicos:

  • AVC – Acidente Vascular Cerebral;
  • Doenças cardíacas;
  • Câncer pulmão e outras doenças pulmonares obstrutivas crônicas;
  • Infecções respiratórias, entre outros.

Muitas mortes por COVID-19 estão atreladas à pessoas que já tinham a saúde frágil por consequência da poluição do ar. Não é aceitável nem inteligente retroceder. E essa é a preocupação. Apesar do cenário ter melhorado, tanto do ponto de vista ambiental quanto de saúde pública, por conta do isolamento social, há o risco eminente de termos um quadro agravado no “pós pandemia” caso a busca por uma recuperação econômica não seja pensada de forma sustentável e ambientalmente consciente.

Quais análises preciso fazer para garantir que isso não está acontecendo na minha empresa?

Nesse sentido dá também para aprender com alguns dados que a própria pandemia trouxe. As empresas precisam estar atentas à fiscalização ambiental e aprender um pouquinho mais quanto ao setor de atividade de cada um, e também avaliar os ganhos que o trabalho remoto e o home office proporcionou nesse contexto. 

Para contribuir para seguir na preservação da qualidade do ar, procure adotar pequenas medidas internas ou grandes questões, como:

  • Logística reversa;
  • Compra de crédito de carbono;
  • Adotar o uso de sensores de água e luz (prefira as de Led);
  • Parceiros e fornecedores socialmente responsáveis e “eco friendly”;
  • Investir em tecnologias de energias limpas e renováveis (energia solar, etc);
  • Desenvolver ações pautadas nos 5 Rs – repense, recuse, reduza, reutilize e recicle;
  • Usar matéria prima de reflorestamento ou de origem sustentável – tanto na mobília quanto nos materiais de escritório;
  • Entre muitas outras!

Vale lembrar que toda ação, por menor que seja, que reduza a produção de lixo, automaticamente está contribuindo para uma redução na emissão de gases tóxicos.

Para saber qual análise ambiental sua empresa deve fazer no âmbito jurídico de fato depende da área de atuação e dos passivos que geram. Certamente se há uma “chaminé” emitindo gases será essencial uma análise atmosférica. Se envolver queima de combustíveis será obrigatoriamente solicitado um laudo técnico de análise de vapor. 

Se o passivo é devolvido ao meio ambiente em forma de efluente, a empresa precisa também dessa análise. Em todos esses casos, a nossa equipe pode te ajudar! Se você precisa de uma análise de água, efluente ou resíduo entre em contato. Nossos laudos são acreditados pelos órgãos reguladores assim como nosso laboratório. 

Escrito por

Mérieux NutriSciences

Como parte do Institut Mérieux, a Mérieux NutriSciences é um dos maiores grupos de laboratórios do mundo e se dedica a proteger a saúde dos consumidores, oferecendo uma vasta gama de serviços de análises laboratoriais às empresas e indústrias.

Receba nossas novidades